Menopausa, sexo e prazer. Uma combinação possível

Ilustrativa

Para início de conversa, preciso deixar claro que a menopausa interrompe apenas a capacidade reprodutiva do corpo da mulher, e não acaba com a vontade fazer sexo, ter orgasmos e sentir o prazer sexual.

É mito acreditar, que sua vida sexual acabou, pelo contrário, é apenas uma nova fase, que hoje, conta com vários recursos para melhorar ainda mais, a qualidade de sua vida sexual.

Claro que é uma preocupação que ronda as mulheres após os 45 anos, e não só pelas alterações hormonais que levam a sintomas: como insônia, calor, irritação, redução da lubrificação vaginal, ressecamento da pele, queda de cabelo e o aumento de peso, mas pelo impacto que essas mudanças podem ter na sua vida sexual.

Segundo o Programa de Estudos em Sexualidade da Universidade de São Paulo (ProSex), a idade média para a mulher brasileira entrar nesse processo, varia entre 48 e 50 anos, mas em alguns casos, pode adiantar ou atrasar, chegando até aos 55 anos.

Amiga, antes que estes sintomas virem grandes bloqueios em sua vida, trago algumas dicas, que me ajudaram muito, pois sou menopausada há cerca de 10 anos, e hoje, não sinto nenhum sintoma.

Visite o ginecologista
A visita ao ginecologista é fundamental para controle de hormônios e para manter as condições da sua saúde vaginal. É ele quem indicará o melhor tratamento de reposição hormonal, certamente só para quem pode usar, ou iniciar outras formas de cuidar dos desconfortos desta fase, como o uso do cimicífuga e diversos fitoterápicos, que diminuem os sintomas. Também, não posso deixar de mencionar as terapias holísticas, que têm mostrado bons resultados.

Aqui vai uma dica muito importante, que me ajudou a melhorar a falta de lubrificação e o ressecamento vaginal: a prática diária de exercícios íntimos, e o uso de bons hidratantes vaginais, à venda nas melhores farmácias.

É importante saber, que nesta fase, existe a necessidade de praticar exercícios físicos regularmente, ingerir bastante água e investir em um tratamento adequado!

O autoconhecimento é a chave para você despertar novas sensações e emoções.

O grande inimigo do desejo sexual, na maioria das vezes, fazer sexo para agradar o parceiro. Isso irá diminuir ainda mais seu apetite sexual, então, é importante que você divida com seu amor, todos os aspectos, relacionados com este momento da sua vida, para uma melhor convivência sexual entre vocês.

Permita-se às mudanças e entre no jogo da sedução, dê asas a imaginação e descubra novos caminhos para um sexo prazeroso, mantendo um clima que assegure sua libido em alta.

Observe que na hora da interação sexual, também é pertinente se envolver em um ambiente erótico: esteja conectada aos toques, às sensações e às expressões de prazer.

Para manter esta chama acesa, é importante pensar em sexo com alguma frequência, assistir ou ler conteúdos eróticos, experimentar fazer sexo sem penetração, além de manter uma boa assiduidade, afinal seu corpo inteiro é orgástico,

Aposte em sair da rotina
Procure reconhecer em você e no seu amor, novos pontos erógenos, os locais onde você gosta de tocar e ser tocada, se abra para fantasias, use brinquedos sexuais, abuse das ‘lingeries’ e aposte muito, no sair da rotina.

E para você que no momento não têm uma parceria sexual, a auto manipulação é importante para manter a libido.

Outra vantagem, tem a ver com a sua saúde: a auto manipulação, ajuda a levar sangue com nutrientes ao aparelho genital, o que garante uma boa saúde vaginal.

Foque no lado bom na menopausa, não precisamos mais nos preocupar com a reprodução, com anticoncepcionais e gravidez, podendo praticar sexo com mais leveza.

Uma vida sexual ativa está ligada a saúde emocional, e sem essas inseguranças da juventude, o objetivo de ter um sexo prazeroso nesta fase, será mais facilmente alcançado.

Saber manter e cuidar de sua vida sexual é um direito da mulher, por toda a vida!

Se tiver alguma dúvida ou dificuldade, pode me enviar uma mensagem pelo Instagram: @magamenezes.oficial.

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )