Hiperêmese gravídica e a nutrição

Imagem: shutterstock

As náuseas e vômitos representam as condições médicas mais comuns da gravidez causando apreensão nas mulheres. Nas suas formas mais graves, são chamadas de hiperêmese gravídica, caracterizada por náusea extremamente forte e vômitos excessivos durante a gestação, que vão além do normal e impedem a mulher de se alimentar como esperado, causam à gestante uma perda de peso corporal de 5%, desidratação, distúrbios hidroeletrolíticos e deficiência nutricional.

Usualmente manifesta-se a partir da quinta semana de gravidez e perdura até a décima oitava semana. Acomete de 0,3 a 2% de todas as gestações, e constitui a indicação predominante para hospitalização no começo da gravidez. O diagnóstico é feito através de uma avaliação médica, com base nos sintomas e em exames para verificar a presença de desidratação e outras possíveis causas dos vômitos.

Nesse sentido o cuidar do paciente na nutrição durante o período gestacional, faz parte das preocupações de um bom programa de pré-natal, e no que diz respeito a nutrição no tratamento a hiperêmese gravídica, a manutenção do estado nutricional adequado durante a gravidez, acaba sendo uma atitude que protege mãe e bebê de deficiências de determinados nutrientes e promove o crescimento adequado do feto, além de permitir uma recuperação pós-parto mais rápida.

É importante ressaltar, que gestantes com hiperêmese gravídica é diferentemente daquelas com enjoo matinal normal, elas perdem peso e ficam desidratadas, mas algumas das orientações nutricionais para minimizar sintomas como náusea e vômitos na gestação são: alimentação fracionada e em menor volume, realização do café da manhã, optar por alimentos mais sólidos ao acordar, consumo de alimentos a temperatura mais fria, uso de gengibre em preparações, evitar ficar próximo ao local em que os alimentos estão sendo preparados (cheiro dos alimentos podem causar náuseas), preferir temperos suaves, não ingerir líquidos durante as refeições e realizar consumo hídrico adequado, evitando a desidratação.

Site: www.geracaoprime.com.br | E-mail: contato@geracaoprime.com.br
CRN3: 55355
WhatsApp Consultório: (11) 93414-9809 | @nutri.thalitacardoso

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )