Saindo da zona de conforto

Reprodução/Internet

E chegamos ao fim de mais um ano muito diferente!

Um ano em que nossos valores pessoais foram alterados, aprendemos a nos reinventar em todas as áreas da vida, principalmente nos nossos relacionamentos amorosos. Se você acompanhou minhas matérias ao longo deste ano, observou que dei varias dicas e trouxe muitas informações para você melhorar sua vida íntima. 

A correria do dia a dia, acaba nos colocando no rolo compressor de conquistas e da obrigação de realizar projetos impostos pela sociedade. Nosso compromisso com  o trabalho, o dinheiro, a aceitação e a aprovação dos outros, nos leva, constantemente, a desviarmos a atenção de nós mesmos, para olhar, cuidar, nutrir e acolher o outro. 

Mas, preste muita atenção, porque a vida está acontecendo no agora, então pare tudo que esteja fazendo, respire fundo, olhe para você e avalie suas ações em relação a você mesma. O quanto tem se priorizado? O que tem feito por você?

Independentemente do seu auto julgamento, aprenda de uma vez por todas: você é a pessoa mais importante desta vida e deve estar bem consigo mesma. 

Muitos chamam isso egoismo, mas eu te afirmo: para tudo na vida, o amor-próprio vem em primeiro lugar. 

Digo isto, porque eu fazia exatamente igual, era a última pessoa a ser cuidada, porém, quando mudei a forma que eu me tratava, tudo em minha volta foi alterado, o mundo me viu, as pessoas passaram a sorrir para mim, as oportunidades apareceram, a vida adquiriu mais cor, mais alegria, e hoje minha autoestima se eleva a cada dia.

Quando assumimos a auto-responsabilidade por nós mesmas, curamos nosso interior e o mundo nos vê com outros olhos. Como você quer sentir-se amada e se nem você mesma se ama! Como você quer sentir desejos sexuais, se você não se deseja! Como você quer carinho e atenção do seu parceiro se você não se dá isto. Percebeu que, tudo começa por nós mesmas?

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )