Você tem empatia, além de networking?

”O networking pessoal e profissional nos impulsiona a colocarmo-nos no lugar do outro e entender seu negócio tão bem a ponto de recomendar e argumentar positiva e pró-ativamente em seu benefício”.

Ilustrativa

O networking, quando praticado em alto nível e horizontalmente nas suas relações pessoais e comerciais, implica construir relacionamentos profundos com pessoas que têm influência sobre seu público-alvo e, portanto, têm condições de recomendá-lo, ou seja, implica conhecer e compreender seus parceiros estratégicos de verdade.

Networking não é somente ser ajudado ou ter interesse em algo que vai lhe trazer benefícios, apenas. Networking é também ajudar alguém com alguma necessidade. Isso demonstra sua força e interesse real na outra parte da relação. Networking não é simplesmente interesse próprio, e sim interesse alheio. Isso se constrói ao longo dos anos e deve ser ativo permanentemente na sociedade e na sua comunidade.

Questionamentos à parte, as eleições nos EUA demonstraram claramente isso. Empatia X antipatia, fora as questões políticas, e sim humanas.

Joe Biden, por exemplo, ganhou as eleições (ainda não oficializado, mas nas apurações) por sua empatia, autenticidade, veracidade e capacidade em ajudar o próximo, além do seu networking político.

Nesse sentido, para abrir o nosso entendimento e desenvolver a capacidade de gerar oportunidades comerciais relevantes e mútuas, é necessário compreender os detalhes sob a perspectiva do outro, o seu parceiro estratégico. Olhar a dor do outro, e não somente a sua.

Dentro das nossas atividades diárias, o normal é nos preocuparmos com os nossos próprios problemas. Isto é o natural. Mas o networking pessoal e profissional nos impulsiona a quebrar este paradigma e investir parte do nosso tempo para ir ao encontro do outro e das suas necessidades; a colocarmo-nos no seu lugar e entender seu negócio tão bem a ponto de podermos recomendar e argumentar positiva e pró-ativamente em seu benefício. Uma moeda de troca permanente, que tem valor tanto quanto o dinheiro e seu patrimônio.

A palavra que exprime exatamente essa ideia é empatia! Seja empático e conquiste pessoas e negócios ao longo da vida. Este será seu maior patrimônio intangível na vida.

Ilustrativa

Logo, praticar networking significa também desenvolver empatia com seus parceiros de negócios!

A palavra de origem grega, no contexto do networking, significa participar e se envolver nas ideias e sentimentos dos parceiros de negócios. Ou seja, buscar a compreensão profunda da situação em que seus negócios se encontram. A empatia é uma escolha, além de uma necessidade, nos dias de hoje. Quem entende o negócio do parceiro a ponto de sofrer suas angústias é capaz de mergulhar na situação e no contexto em que esse alguém está vivendo e ajudá-lo verdadeiramente a encontrar soluções, contribuir e somar.

Repito: no verdadeiro networking, em primeiro lugar ajudamos e, como consequência, somos ajudados! Ou seja, somos construtores de pontes que solidificam relacionamentos ao longo do tempo.

A empatia é, entretanto, diferente da simpatia, pois esta permanece em sentimentos e atitudes superficiais e efêmeros. Enquanto a simpatia indica a vontade de agradar o outro, a empatia faz brotar a vontade de entender e conhecer o parceiro e seu negócio, para contribuir com ele verdadeiramente.

A empatia remete, então, a uma conexão profunda, de modo a enxergar como o outro vê e sente. Já a simpatia é uma mera afeição momentânea, com curta duração de tempo e sem necessariamente conhecer e se comprometer mais profundamente.

Ser empático, entretanto, não significa concordar com as atitudes ou opiniões da outra pessoa, mas sim que se busca respeitar e entender, sem qualquer julgamento, e estar disposto a contribuir da melhor maneira possível.

E você? Tem sido empático ou simpático nos seus relacionamentos pessoais e comerciais? Tem ajudado verdadeiramente aqueles que o cercam profissionalmente? Experimente praticar esse princípio e veja seus negócios se multiplicarem e suas relações se fortalecerem de verdade. Quando se ajuda genuinamente e de forma desprendida, cria-se um círculo virtuoso vitalício que, certamente, retornará em conselhos, aprendizados, negócios e oportunidades a seu próprio favor!

Portanto, seja empático e verdadeiro e pratique networking com o objetivo de ajudar, e não somente de ser ajudado.

Boas relações interpessoais, profissionais e empresariais! Seu presente e futuro na sua comunidade – e, por que não, no mundo? – dependem dessas atitudes cotidianas!

Seja querido e queira bem os outros. Não pratique fofoca, não polemize, abstenha-se de assuntos que possam criar imagem negativa, por um surto de raiva ou desgosto momentâneo e potenciais inimizades, por temas que não valem a pena.

Viva plenamente o seu sucesso!

Bons negócios e ótima qualidade de vida!

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )