Um putt perdido

Reprodução/Internet

Escrever esta coluna nos últimos 20 anos tem sido um prazer multo grande e isto não tenho cansado de falar, mas nestes 13 meses da pandemia do covid, tem sido algo especial como comentei em artigos anteriores a interação com os amigos do golfe e com os leitores em geral. Sejam através de perguntas, sugestões e até críticas multo bem vindas. Sou um apaixonado por histórias em geral e quando elas trazem coisas Interessantes do golfe Isto tem um regozijo maior. Por isto neste mês, vou colocar neste espaço uma história encaminhada pelo golfista amigo e leitor Ravi, com quem tenho um prazer muito grande em debater rotineiramente os mais diversos assuntos, especialmente sobre o nosso querido esporte. Então vamos lá. “Phillip E. “Skipper” Yuong, um cara graduado no badalado MIT (Massachusetts lnstitute of Technology), fundou em 1932, a mais famosa produtora de bolas de golfe até hoje a Tidiest. A historia conta que ele estava Jogando uma volta completa de golfe, com seu dentista, e perdeu um putter relativamente curto (uma tacada quase dada) e teve a nítida Impressão que isto ocorreu em função do peso da bola. Pediu então a seu amigo dentista que ele fizesse uns ralos-X da bola.

Ao examinar o filme resultante percebeu que a borracha central da bola estava descentralizada. Af Mr. Young, resolveu fazer raio-X em multas bolas de golfe, e descobriu que multas delas tinham sido mal construídas em seu miolo, o que acarretava em possíveis tacadas erradas ou sem um destino natural ao rolar. Isto inspirou Young a produzir sua própria linha de bolas de golfe, a qual se tomou a mais famosa e conhecida bola de golfe do mundo. Não vou me alongar aqui na história dos 90 anos da empresa, que hoje apesar de ter algumas boas concorrências ainda é líder mundial na venda de bolas de golfe. Tudo isto porque o cara perdeu um putt.

A magia do golfe esta nos detalhes que vivenciamos em cada partida e para lembrar a todos, neste mês escolhi um vídeo com 100 jogadas extraordinárias, que vai a seguir, sendo grande partes muitos hole in one.

Apreciem!

No PGATour

Reprodução/Internet

Como comentamos no inicio deste ano, havia muito expectativas para a temporada 20/21 do PGA Tour, especialmente pela paralisação de meses na pandemia que atrapalhou em multo a temporada anterior. E as expectativas foram multo superadas quando no Inicio do mês de março, no Arnold Palmer lnvitational sempre jogado no belo campo do Bay HIii Oub & Lodge, em Orlando – Florida, com publico desta vez um pouco mais numeroso, para tempos de pandemia. Nós amantes do golfe, tivemos os últimos dois dias de um golfe sensacional. A começar pela vitória por uma tacada do Incrível “doido” do De Chambou, com seus drives monstruosos, frente ao Inglês Lee Westwood, que vem jogando há multo um golfe muito bom de se ver. E na semana seguinte os dois protagonizaram mais duelo de ultimo dia, mas ficaram em segundo o Westwood e em terceiro o De Chambou, mas desta feita que ganhou foi Justin Thomas, que estava nos sábado com 3 tacadas atrás do Inglês mas jogou 4 abaixo no domingo para ganhar de uma tacada, o The Players. Este torneio é Jogado sempre no TPC Sawgrass, em Ponte Vedra Beach, também na Florida, é considerado por muitos o 5º major, e distribui a maior bolsa do PGA tour, onde o campeão recebe US$2,7 milhões e o segundo leva a bagatela US$1,6 milhões. Mas sem duvida o grande destaque destes dois torneios, foi o Inglês Westwood, começando que ele levou como caddie a sua bela noiva Helen Storey,que é preparadora física de profissão, o que gerou muitas especulações, mas prestes a fazer 48 anos (ele faz agora dia 24 de abril), ele arrecadou pelos dois segundos lugares US 2,6 milhões, em menos de 15 dias, que é superior a 11 % de tudo que arrecadou desde o seu Inicio como profissional em 1993. Se não bastasse tudo isto, ele ainda mostrou que além de ser um dos melhores jogadores do tour, tem fãs em todo o mundo, é bem quisto pelos seus pares, por Jornalistas e pelos apreciadores do golfe.

Mas no PGA Tour, nem tudo é noticia boa, uma preocupação geral fica por conta do terrível acidente automobilístico sofrido pelo Tiger Woods, no dia 23 de fevereiro ultimo, em Los Angeles, que o obrigou a fazer diversas cirurgias nos membros inferiores, bem como pés e tornozelos. O mundo estava na perspectiva que neste ano de 2021 ele passaria a ser o maior de todos os tempos em números de torneios ganhos, uma vez que esta empatado com o Sam Snead com 82 vitórias no Tour. Agora a torcida e todas as orações mundo afora ficam por conta dele poder ou não voltar Jogar golfe de novo.

Cuidando da saúde dos golfistas
Nesta edição resolvemos fazer uma compilação dos principais vídeos que a fisioterapeuta Rossana Quessa fez nos últimos meses, com as dicas para que nós golfistas não nos esqueçamos da importância dos cuidados com o nosso corpo.

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )