Produtividade é autoconhecimento

Divulgação

Feliz dia novo!

Gosto de iniciar um novo dia com a mesma proposta que costumamos iniciar um novo ano, cheia de metas: praticar atividade física regularmente, se alimentar bem, dormir melhor, emagrecer, trabalhar naquilo que ama, construir uma casa… Os planos são inúmeros e diferem completamente de uma pessoa para outra, mas acredito que, para que muitos ou alguns deles se concretizem, é preciso que a produtividade esteja presente em nosso dia a dia. 

Por definição, produtividade é a relação entre a quantidade do que é produzido e a quantidade de tempo investido no processo. Como está a sua relação com o seu tempo? O que você gostaria de encaixar no seu dia que ainda não conseguiu fazê-lo? 

Produtivo x Ocupado

Procure desconstruir o conceito de produtividade. Desconstruir, não necessariamente, está ligado a “matar” alguma coisa. Muitas vezes, a desconstrução é a principal base para se permitir reconstruir, baseando-se em ideias ainda melhores. Existem algumas características que podem ajudar a identificar se o seu perfil é de uma pessoa produtiva ou, então, de uma pessoa ocupada. Este último costuma dizer sim para tudo, mas sentem que nunca têm tempo para nada. Além disso, o foco está na quantidade e na agilidade em concluir tarefas de uma lista – ao mesmo tempo que novas tarefas são inventadas e aumentam essa mesma lista. Já o perfil produtivo, diz não para aquilo que considera desnecessário, foca na qualidade do que está executando e faz uma lista de tarefas incluindo somente aquilo que realmente importa. 

Eu gosto de viver no que chamo de “modelo presente produtivo”. Antes de te explicar o conceito desse modelo, quero primeiramente destacar algumas características do “modelo presente”. A base desse modelo é a intuição e a consciência: você acredita nas sincronicidades para que outras coisas aconteçam. Você se sente conectado e presente na tarefa que está realizando, é o chamado “flow”. No “modelo presente produtivo” você busca descobrir o que te empolga e o que te alegra e, através do autoconhecimento, pode descobrir se o que você está realizando está alinhado com aquilo que você deseja.

É importante encontrar referências e inspirações que se encaixem na sua vida, assim como ter coragem para quebrar determinados padrões. Acredito que a base para desenhar uma vida produtiva no modelo de presença seja a tríade conhecimento, dedicação e vibração – nesse caso, a sua vibração ao realizar tarefas. Ainda assim, tenha sempre em mente a individualidade de cada ser humano. Cada pessoa é única e carrega consigo um universo particular, por isso, se comparar com os outros e acreditar que você já sabe tudo podem ser as duas maiores ciladas da sua vida. Feliz metas novas!

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )