Os perigos do açúcar para o desenvolvimento das crianças

Ilustrativa

Que uma alimentação saudável é essencial para o desenvolvimento de crianças e bebês nós já sabemos. Produtos açucarados devem ser evitados em qualquer idade, mas você sabia que existe uma faixa etária onde o consumo de açúcares pode prejudicar ainda mais a criança?

Quais são os perigos do açúcar para bebês e crianças?
O açúcar refinado traz muitos riscos para a saúde. Nessa faixa etária, o ser humano desenvolve o paladar e o próprio organismo ainda está em desenvolvimento, então oferecer açúcar na primeira infância faz com que a criança se acostume com o paladar doce e busque consumir cada vez mais esses produtos. Quanto maior o consumo de açúcar dessa criança, maior o risco de sobrepeso, alteração dos níveis de sangue de alguns tipos de gordura.

Além disso tudo, o consumo de açúcar na infância pode influenciar no sistema imunológico, interferir na absorção de cálcio e magnésio, diminuir o volume de nutrientes sintetizados, influenciar no aparecimento de cáries, sobrepeso e até depressão. Por isso, a recomendação é que a criança não consuma nada de açúcar até os 2 anos.

Evite o açúcar na infância
Os açúcares adicionados aumentam o valor calórico ingerido pela criança e são pobres em nutrientes;
O risco de doenças cardiovasculares, hipertensão, cárie e câncer relacionado à obesidade aumentam;
Refrigerantes, sucos industrializados, bolos e biscoitos contêm grandes quantidades de açúcar;

Lembre-se: crianças menores de dois anos não devem consumir alimentos que contenham açúcar adicionado.

Ilustrativa

Como mudar a rotina alimentar das crianças
A inclusão de hábitos saudáveis na infânda é uma tarefa diária dos pais ou responsáveis e terá reflexo positivo nas preferências alimentares dos pequenos na fase adulta. Por isso, quanto mais cedo esses hábitos forem estimulados, melhor para a saúde da criança e de toda a família.

Priorize o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida;
Incentive o consumo de alimentos variados incluindo frutas, verduras e legumes;
Esteja atenta ao tipo de gordura que está oferecendo;
Estabeleça horários para as refeições e eduque a criança para que eles sejam cumpridos;
Não pule as refeições e nem as substitua por lanches;

Realize as refeições em um ambiente calmo e com a televisão desligada;
Evite o consumo de salgadinhos, doces, frituras e refrigerantes;

No intervalo entre as refeições, ofereça alimentos como frutas, sucos naturais, iogurtes e lanches a base de pão integral.

Uma alimentação saudável pode ser a base para uma criança e um futuro adulto saudável. Por isso, é importante ficar atento à rotina diária saudável, e cuidar para que lanches açucarados ocasionais não virem parte desta rotina.

Site: www.geracaoprime.com.br | E-mail: contato@geracaoprime.com.br
CRN3: 55355
WhatsApp Consultório: (11) 93414-9809 | @nutri.thalitacardoso

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )